EPAGRI/CIRAM
EPAGRI CIRAM
Primavera
Início:22/09 Fim:21/12
primavera1.png

Área de hidrologia da Epagri é destaque na 17ª edição da Revista Digital do CREA-SC

17Revista Digital CREA SC

A 17ª edição da Revista Digital do CREA-SC traz um panorama da implantação do Plano Estadual de Recursos Hídricos em Santa Catarina, falando sobre a importância da atuação dos profissionais da área tecnológica na gestão das bacias hidrográficas no estado.

A equipe de hidrologia EPAGRI/Ciram contribuiu com a reportagem Caminho das Águas desta revista eletrônica. Foi relatado a importância do trabalho de monitoramento dos recursos hídricos em Santa Catarina, principalmente em relação a gestão dos recursos hídricos e a prevenção dos eventos extremos de estiagem e enchentes que assolam o estado.

Durante a reportagem foi abordado o desempenho dos trabalhos executados pela equipe de hidrologia da EPAGRI revertendo-se em número de acesso ao sistema Rios On-Line (http://www.ciram.sc.gov.br/riosonline/) que chegam a mais de 194.553 acessos somente em 2017.

Conforme relata o pesquisador Guilherme Miranda da Epagri/Ciram “existe uma carência de pessoas que atue na área de hidrologia, principalmente com nível médio, onde são poucas as escolas que formam estes profissionais. Na década de 90 houve alguns incentivos por parte do Governo Federal na formação de profissionais em áreas estratégicas como meteorologia e recursos hídricos”. Segundo Miranda, “temos algumas lacunas importantes a serem mantidas desde as décadas de 50, 60 e 70, como as obras hidráulicas construídas pelo antigo DNOS no estado, ou mesmo atividades de dragagem e desassoreamento realizados pelos programas Provarzeas e Proni, executadas pela CIDASC e ACARESC nos anos 70. Foram décadas esquecidas no tempo, com legados importantes e consequências que hoje a nova geração desconhece. Os novos profissionais têm que resgatar este passado, analisar os erros e acertos para que possamos evoluir.

A demanda por especialistas e com conhecimento em hidrologia e recursos hídricos tende a crescer, sendo necessário sempre haver a capacitação e o aperfeiçoamento contínuo nesta área.” Nenhuma atividade produtiva do homem se realiza sem a água, portanto temos que preservar, conservar, manejar, planejar e a utilizar de forma racional. Temos que pensar sobre a água, não somente sentir, pois pensar faz com que tenhamos ações, com a prática destas ações desenvolvamos hábitos, e com a prática destes hábitos estabelecemos destinos. Portanto, o destino da água depende do nosso pensamento.

Acesse a 17ª Revista Digital do CREA-SC: https://app.magtab.com/reader/revista-crea-sc/17902